NOSSO MÉTODO

 

A Winner é uma das pioneiras no estado nessa modalidade. O Prof. Marcio Corleta (faixa preta 4º grau) é um dos mais graduados no Rio Grande do Sul, e possui em seu currículo, entre outros títulos, 3 campeonatos Mundiais (na faixa preta). Representamos o Gran Mestre Flavio Behring (faixa vermelha 9ºgrau - Behring Association), com mais de 65 anos de experiência e formado pelo Gran Mestre Helio Gracie.

Desde 1994 , a escola transmite aos seus alunos os fundamentos do Jiu-Jitsu, através da progressão pedagógica e das técnicas milenares de defesa pessoal .

Independente das aspirações de seus alunos, a Winner forma pessoas com perfil de vencedores, indivíduos mais auto-confiantes, disciplinados, com raciocínio e senso de estratégia potencialmente estimulados.

Aliado a isso oferece, aulas lúdicas e prazerosas, especialmente planejadas para trabalhar equilíbrio, força e coordenação motora, sem o emprego de golpes traumáticos ou incentivo à hipertrofia muscular. Adequando-se, portanto, a diferentes faixas etárias e para ambos os sexos.

Para mais informações acesse www.winnerjiujitsu.com.br

Ensino diferenciado. O “Método Progressivo”, originalmente desenvolvido pelo professor Sylvio Behring, está fundamentado na “gangorra”(base do Jiu-Jitsu), apreendida com o Mestre Álvaro Barreto, e depois casada com agressões e respostas automáticas.

O resultado disto é uma seqüência de exercícios simples que foram adaptados a tudo que foi transmitido ao Prof. Marcio Corleta ao longo dos anos pelos Professores Maurição e Sylvio e pelos Mestres Álvaro Barreto e Flávio Behring.

O sistema dá enfoque à defesa pessoal, aos exercícios progressivos de guarda, Judô básico, e a uma disciplina peculiar, que inclui cumprimento em formação ao mais graduado no início e ao final de cada aula. Mantém uma progressão pedagógica que avalia a aplicabilidade do ataque e da defesa, e o grau de dificuldade de compreensão e execução do movimento em todas as variáveis possíveis. Uma forma de facilitar a interpretação do gesto através do “estímulo- resposta”.

A dinâmica pedagógica busca atender às necessidades individuais de cada aluno, subdividindo o grupo de forma oportuna, independente da quantidade que estiver presente.

O objetivo inicial do trabalho passa pela formação de “coringas” entre praticantes, facilitando a seleção de duplas ou subgrupos. O bom coringa é aquele que sabe cair e derrubar, ataca com firmeza e segurança, domina as posições básicas, pode “rolar” com a maioria dos companheiros e realiza golpes “traumáticos” ou atemi, sabe se defender, e tampouco perde o controle durante o treino. Simplificando, alguém que ajuda a desenvolver o potencial do parceiro.

Duração 1h30min.

DSC_0084 [640×480]
DSC_0111 [640×480]
DSC_0115 [640×480]
DSC_0104 [640×480]